24.1 C
Amambai
sexta-feira, 1 de março de 2024

Japorã, a cidade com a vacinação mais avançada de Mato Grosso do Sul, tem o menor contágio da Covid-19

A cidade de Japorã, localizada a 477 quilômetros de Campo Grande, não apenas está com a campanha de vacinação contra a Covid-19 mais avançada de Mato Grosso do Sul como também apresenta a menor taxa de contágio para cada 100 mil habitantes. 

Com uma população relativamente jovem, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatí­stica (IBGE), o municí­pio também é um dos primeiros a vacinar adolescentes de 12 a 17 anos.

De acordo com informações do vacinômetro, já receberam a primeira dose dos imunizantes disponí­veis um total de 4.774 pessoas, o que corresponde a 51,65% da população de 9.243 habitantes.

Deste montante, 3.030 já tomaram inclusive o reforço e atingiram toda a proteção prometida pelos fabricantes dos produtos, o que representa 32,78% da população local.

A tí­tulo de comparação, Campo Grande, que fica com a maior parte das doses de vacinas que desembarcam no Estado, atingiu ontem a marca de 16% das pessoas completamente imunizadas.

E essa conta leva em consideração os números absolutos de habitantes. A quantidade de pessoas necessária para que o municí­pio atinja a imunidade coletiva é menor, em torno de 70%. Com esse dado em mãos, tem-se que Japorã estava a 410 doses para chegar a metade dessa marca, que seria pouco maior que 6,4 mil pessoas.

Desde o começo do más, o municí­pio somou um total de 27 casos novos da Covid-19. O último, conforme os dados mais recentes da Secretaria de Estado de Saúde (SES), foi registrado no dia 19. 

O pico de casos para junho, até o momento, foi no dia 9, quando os testes de cinco pessoas retornaram positivos de uma só vez. No dia seguinte, o número despencou para quatro e depois para um no dia 11.

No levantamento proporcional, Japorã tem contágio para cada 100 mil habitantes calculado em 2.175, o mais baixo entre todos os municí­pios de Mato Grosso do Sul.

“Estamos abertos para vacinar o público jovem com comorbidades desde ontem[sexta-feira], ainda não tivemos tanta procura, a expectativa é de que a partir de semana que vem apareçam mais pessoas para receber a vacina”, esclareceu no fim de semana o secretário de Saúde de Japorã, Fabio Carlos Emborana, ao Correio do Estado. 

A idade da população é um dos fatores que ajuda a explicar o avanço da campanha na cidade interiorana. Segundo o IBGE, a maioria dos habitantes tem menos de 30 anos.

“Sabemos da importância de vacinar a nossa população, só assim poderemos reduzir o número de internações, casos confirmados e óbitos. As pessoas estão procurando os postos de imunização, logo teremos todos vacinados”, ressaltou o secretário.

O avanço da campanha entre os mais novos também foi possibilitado pela autorização da Agáncia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para a aplicação de alguns dos produtos disponí­veis entre esse público.

Nesta semana, o governo do Estado autorizou o iní­cio da vacinação em adolescentes a partir de 12 anos, que tenham comorbidades. Em decreto publicado no Diário Oficial, foi determinado que a imunização desse público será apenas com doses da Pfizer. 

Em Japorã, desde o dia 5 de junho essas pessoas tám sido convocadas a comparecer aos postos de vacinação.

Mesmo diante desses números, Japorã está na bandeira cinza, que é considerado o grau extremo para possibilidade de contaminação da Covid-19, com isso funcionam apenas as atividades essenciais. 

Se as regras de isolamento social estiverem sendo cumpridas í  risca é provável que este fator também contribua para explicar o baixo número de casos aliado í  vacinação.

Em todo o Estado já foram aplicadas 1.473.115 doses das vacinas contra a Covid-19 de um total de 1.615.220 doses que já foram enviadas e distribuí­das pela Secretaria de Estado de Saúde.

O porcentual de vacinados com a primeira dose em Mato Grosso do Sul em relação í  população total é de 38,29%. Já com relação í  segunda dose, 14,15% de toda a população já está imunizada.

Fonte: Ricardo Campos Jr/ Correio do Estado

2021-06-22 09:19:00

Leia também

Últimas Notícias

Fale conosco Olá! Selecione um contato.